Presente do meu amor

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis." Fernando Pessoa

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Te amar sem pressa

Quero me aninhar em seu peito

Ser o alvo de seus carinhos

E te acariciar toda também

Ser feliz

Te mimar com meus beijos


Te abraçar sem hora

Te amar sem pressa

Esquecer de tudo

Só pensar em você


Sentir teu calor

Sentir prazer

Te fazer feliz

Fazer planos para toda a vida

Querer envelhecer junto


Um amor para sempre

Conto de fada

Quem disse que não pode acontecer?

5 comentários:

Loba disse...

wow que romance no ar, nossa que blog adorei beijos em teu coracao...me faz uma visitinha em meu blog que vo amar...

meu blog http://lobausa.blogspot.com

Amiga do Cafa disse...

Claro que pode !
Basta que os dois queiram....
Parabéns pelo poema .
Beijão

A Lobba! disse...

Que bom que existes!!!
Amor de conto de fadas...
Quero um mais as avessas...daqueles que pulsam no peito e exalam sentimentos...
(...)Eu gosto dos que têm fome
Dos que morrem de vontade
Dos que secam de desejo
Dos que ardem (...)
Lambidas da lobba!!!

Branca disse...

Um amor assim é o sonho de consumo de grande parte das mulheres...

Bom fim de semana pra vc,
bjo carinhoso.

Joyce disse...

Conto de fada, sim.. não o tempo todo. Mas o que eu quero mesmo é um final feliz.