Presente do meu amor

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis." Fernando Pessoa

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Tarde chuvosa

O que é a nossa vida

Senão um monte de desculpas

Que usamos para magoar quem amamos

E cada vez mais deixamos de enganar

Para enganar a nós mesmos


O que é o amor

Senão uma reação química

(Nem sempre espontânea)

Às vezes motivada ou às vezes forçada

E nem sempre por motivos dignos


O que são palavras

Senão algumas sílabas que juntamos

E que deveríamos usar para alegrar

Mas somente fazemos magoar

Usando-as conforme a natureza humana


O que sou eu

Senão um ingrato com o amor que tenho

Pois como todos não quero quem está ao meu alcance

Mas sim um sonho distante, meio fantasioso

Para que seja cada vez mais forte o desejo

4 comentários:

Cris Rubi disse...

Olá, vim agradecer por sua presença em meu blog.
Um otimo restim de semana pra vc
bjim.

Joyce disse...

"não se desama dando um mero tchau" !!!

joaninha disse...

Obrigada pela visita no meu cantinho!Um beijo..

A Madrasta Má disse...

"O que é a nossa vida

Senão um monte de desculpas

Que usamos para magoar quem amamos

E cada vez mais deixamos de enganar

Para enganar a nós mesmos"

Essa é a maior verdade já contada aqui...
Bom final de semana meu querido do coração!
Bjinhos da Madrasta!