Presente do meu amor

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis." Fernando Pessoa

sexta-feira, 23 de março de 2012

Oração de agradecimento


Agradeço ao bom Deus por todos as bênçãos recebidas
Tenho tido mais do que pedi, ou esperava ter
Deus, em sua infinita misericórdia me deu, e continua me dando
Paz, alegria, saúde, coragem
Mesmo quando penso que não tenho o que eu quero
Aprendi a ver que isso não é ruim
Pois o que eu quero pode não ser bom
E tudo que eu acho que deu errado em minha vida tem duas explicações:
Ou não era o que eu precisava e teria que ter/passar
Ou eu mesmo busquei indo contra o que seria o certo para mim

Aprendi com meus erros e aprendi que Sua vontade
É o que me faz ter felicidade e vida regrada
Nada do que eu faço por mim é melhor do que seguir Seus caminhos
Por isso ponho meus joelhos no chão
E elevo minha voz e meus pensamentos até Deus
Para que eu continue tendo bênçãos como sempre tive
Não peço mais que eu posso ter
Não peço mais do que mereço ter
Não peço mais do que possa me dar

Agradeço a Deus por:
Minha família, ter uma namorada maravilhosa, estudar, trabalhar,
Pelas conquistas que tive, ter tido decepções que me ensinaram a viver,
Poder ter discernimento de saber que tudo tem um lado bom,
E principalmente, por viver!

Que assim seja!


*Tenho passado por momentos difíceis, mas não é por isso que oro a Deus, é porque ele sempre está comigo, mesmo nos momentos bons, quando achamos que estamos fazendo tudo sozinhos. Que seja uma reflexão para cada um de nós! Aproveito aqui e agradeço todos que têm me dado força e mensagens de incentivo, isso ajuda a passar o dia, que tem se tornado cada vez mais longo!

quinta-feira, 8 de março de 2012

À minha mulher



Poderia eu escrever nesta data
Uma homenagem à todas as mulheres
Que merecem ser lembradas
Todos os dias e todos os meses

Mas tem uma pessoa especial
Que me faz apenas pensar
Em uma mulher que é sem igual
Ela tem o meu amor e meu olhar

De nada me adianta saber
Que existam outras por aí
Se é só ela que eu quero ver

Estando com ela eu sou feliz
E não existe para mim outra mulher
Eu te amo, Roseli!

sábado, 30 de julho de 2011

Medo



Tenho medo
É isso, medo
Sempre fico apreensivo
Pensativo ou ressabiado
Mas desta vez é medo

Medo do porvir
Ou de ir quando deveria ficar
Talvez medo de ir e te deixar ficar
Medo de você não ir

O sentimento eu tento sufocar
Mas tem uma força
Que me sobe pela garganta
Ao mesmo tempo que me aperta o peito
E me sufoca, me tira força
Não me deixa em paz

Seria fácil viver apenas com boas coisas
Tudo à mão, simples
Sem ter escolhas a fazer
Mas não teríamos algo com que lutar
Algo que nos motivasse a ir adiante

Assim como tenho medo
Tenho fé e esperança
Que tudo dará certo
Após algumas noites de insônia

terça-feira, 28 de junho de 2011

Soneto da vivência


Acho que desaprendi a viver só
Agora que aprendi a ser feliz ao teu lado
Sei que não há dor maior
Do que não ser amado

Não conhecia do amor
Como contigo conheci
Vi que vivia em torpor
Achando que estava feliz

Mas a vida me reserva muito
Do amor tenho tido o que mereço
De quem quero estar junto

Sei que tenho o seu apreço
Estando longe ou perto
Pois com seu amor me fortaleço

domingo, 26 de junho de 2011

Soneto da companheira


Por vezes acho difícil
Fico perdido
Sem saber o que fazer
Ou como fazer

Tento não me abater
Encarar os desafios
Luto até o fim
Busco os objetivos

Nessas horas que agradeço
Te ter ao meu lado
Me dando forças para lutar

Sendo meu porto seguro
Meu arrimo e apoio
Mais ainda, sendo minha mulher

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Utopia

REPUBLICANDO O POST PARA RESPONDER À PERGUNTA:

"O que pode ser feito por um mundo melhor?"

Acredito que o mundo melhor existe a partir da vontade de cada um em mudar o ambiente à sua volta para melhor a cada dia, não ver a miséria e calar-se, de levar alegria ao próximo, de, ao menos, sentir-se feliz.

#Por1MundoMelhor
 

Veja mais AQUI.




 Vejo um mundo melhor
Em que todos vivem em paz
Não há guerras
Todos estão unidos
Os apaixonados namoram
Tudo é belo
A mente humana não é mais um mistério
Acabou a miséria
Acabou o governo
Nossa visão para com os outros é diferente
Ajudamos a quem nos pede
A filosofia é a nova ordem mundial
Não existem vidas normais
Existem sim vidas reais
Sabemos resolver nossos problemas
Não existem armas, só sonhos
Foi eliminada a poluição
A história é uma arte
Conhecemos nossos antepassados
A ciência tudo pode
O amor também
Esse mundo existe
Você também pode entrar lá
Você já ouviu falar na estória de Peter Pan?

sábado, 2 de abril de 2011

Escrever


O escrever nos transforma
Faz aprimorar o uso do vernáculo
Traz a tona o que guardamos
(Ou escondemos)

Escrever me faz sentir Deus
Tanto por fazer me aproximar
Quanto me sentir igual

Quando escrevo crio
Decido destino
Levo o leitor à alegria
Contagio com o amor
Do mesmo modo que posso levá-lo às lágrimas de tristeza

Ao escrever traduzo em letras o que sinto
Por vezes o que quero
E outras como queria que fosse

Escrevendo sou eu
(E ao mesmo tempo vários)
Posso ser um príncipe idealizado
Ou então o coitado

Escrever me traz paz
Me transporta para um mundo meu
Onde meus problemas se resolvem na linha que eu quero
E sãos os problemas que eu quero viver

sábado, 4 de dezembro de 2010

Teu olhar



Ah! o teu olhar...
Me leva longe, carrega
Deixa qualquer problema em segundo plano

Me conquistou (e ainda conquista)
Que me deixa sem vontade
Entregue aos teus caprichos

Nada me faz tão bem
Quanto ter a certeza de chegar em casa
Te olhar nos olhos
E sentir a paz que me acalma

Mas só o olhar não faz isso
O que me deixa assim
É o amor que seu olhar transmite
Refletindo o quanto eu te amo

domingo, 7 de novembro de 2010

Encontro/Busca


Ainda não conheci o amor
Somente amei
Eu vivi qual um sofredor
Mas de tanto sofrer, cansei
Senti muita dor
Pelo sentimento que rejeitei

Agora correspondido sou
Muito me lamentei
De viver outro amor
Mas nem uma, nem outra amei

Na verdade a dor
É porque muito amei
A quem nunca me amou
E isso sempre neguei

Me esqueça por favor
Todos os magoados achei
Ajudei-os em seu amor
E, agora, sozinho fiquei

Quando precisei de calor
Frio foi o que achei
E agora que não quero amor
Na solidão te encontrei

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Estrada Real (de Cunha até Paraty)



Pé na terra
Descarregando as energias
Meio do mato
Total integração com a natureza

Vejo uma paisagem linda
Montanhas com o mar ao fundo
Ao meu lado uma cachoeira
Com sua água gélida
Que lava a alma e leva embora as energias ruins

Parece que estou no paraíso
Mas não é
Só se for o paraíso terrestre

Sigo pela estrada que me mostra o caminho do mar
Logo estarei me banhando em límpida água salgada
A estrada tem a melhor vista que eu já vi
A preservação da estrada é péssima
Melhor assim
Afasta a massa que leva a poluição
E destrói a natureza

No fim da estrada lá está Paraty
Com toda sua importância histórica
Seus monumentos
Suas estórias reais
E da realeza

Fim de tarde
O sol se escondendo
Hora de partir
Voltar para a “civilização”
O caos diário

Ligo a moto
Já sinto saudades de toda essa paz
Do ar puro
Saio devagar
Deixo para trás uma parte de mim
De minha alma
Que não quer voltar
Mas espera ansiosamente que eu volte