Presente do meu amor

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis." Fernando Pessoa

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

O tempo

O tempo passa
Relógio que vira
Amor aumenta
Saudade esquenta
Vontade agora
Mesma de outrora
Encontro sem hora
Beijo na boca
Fogo na roupa
Garota marota
Desejo que manda
Preciso ir embora
Mas volto na hora
Que arde a chama
E o tempo passa

3 comentários:

Casal do Arrocha disse...

A saudade aumenta o desejo...
Bommmmm...
Bjs...

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Adorei sua poesia !
Cheia de graça e talento.
E muito amor, é claro !
beijos

Eu e a solidão disse...

Hum... que gracinha!!

Beijos!