Presente do meu amor

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis." Fernando Pessoa

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Desejos impuros


Espero-te ansioso, na negra noite

O luar por testemunha de nosso encontro

Tua alva pele iluminada pelo brilho da lua

Refletindo o desejo impuro que sentes


Pelos becos escuros sigo teus passos

Leva-me à tua alcova

Onde desfaz os sonhos de inocentes homens-meninos

Com teu voluptuoso corpo de pecados


És bela demais e sabes disso

Usas tuas curvas para hipnotizar

E nós, incautos, somos dominados por tão perfeita escultura


Em um instante estou entregue à luxúria

Corpos sôfregos, em contato, até caírem inertes

Inebriado pelo prazer te vejo ir, enquanto morro de amor

13 comentários:

Ava disse...

Ai... que isso!

Moço, queres nos matar com tanta paixão em forma de poesia?

Que belo é o amor, e se esse amor te deixa assim, capaz de com palavras, expressar tanto sentimento.. Que viva o amor!!!

Uma semna assim, recheada de amor...


Beijos!

meuladocontido disse...

Hm, que delícia de poesia

Beijos!

Sentimental ♥ disse...

putz, q delícia isso.
dá pra sentir o clima de sensualidade no ar.
bjs

Loira e Morena disse...

Uiiiieeee!!
A coisa ta quente por aqui en!

Beijaooo da Morena!

Vanessa Cardoso disse...

putz, q delícia isso.
dá pra sentir o clima de sensualidade no ar [2]

Muito bom o seu blog!

Mel disse...

Nossa, fiquei até sem palavras... o texto é lindo, prabéns!
Bjs

exoticlic.com disse...

HAIL FRIEND dá uma lida neste post http://www.comofazerweb.com/2009/07/historia-dos-blos.html

se quiser participa OK

Amiga do Cafa disse...

Delícia se embriagar e morrer de amor...um amor cheio de desejos.
Aliás, desejos nunca são impuros.
Bela poesia ! Cheia de erotismo e paixão.

Débora disse...

Que o mundo esteja e seja repleto deste "tipo" de desejo ....
Tão impuro...quanto completo
Tão intenso...quanto honesto
Tão delicioso...quanto entrega
Tão apaixonante, tão gostoso, tão amoroso, tão, tão, tão....TÃO BOM!!

Beijos,
Débora
dekinhadosamores.blogspot.com

Aline DIVÃ DA MULHER disse...

Opa..que luxúria...rs...

Stella disse...

Nossa... parece aqueles versos da segunda fase do romantismo...

Beijos

Bala Salgada disse...

Estava inspirado hein?

"O luar testemunha nosso encontro..." - descrição de todos os pontos de vista.
Eu nunca leio poemas, mas os seus eu gosto muitão. Parabéns, sempre!

Mil beijos.

eduarda Cristina Dos Santos disse...

Anderson
desejos que me queimao me deixando ate sem ar, vontade enloquecedora que ensiste desatinar... desatinar meu juizo, e os meus cofins... A desejo glorioso que muitas das vezes zombam de mim a menino vadio pq despertas isso em mim....
Eduarda Marques
amei os seus poemas!!!